segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Balanço


Para justificar a minha ausência, tenho a dizer-vos caros leitores que as minhas aulas começaram.

E, embora não fosse bem o que estava a espera, estou a gostar bastante. Por incrível que pareça e, não  querendo escandalizar ninguém, eu adoro estudar. :D

Contudo as diferenças nesta nova fase notam-se. A primeira, desde logo óbvia, é a idade. Sem dúvida, se não sou o mais novo, só um ou dois é que me conseguem passar à frente. De resto é tudo pessoal bem mais experiente e mais velho.

Depois o facto de cerca de metade das pessoas ser estrangeira. Sinceramente, não esperava que fossem tantos. Mas lá estavam, brasileiros, chineses, alemães, cipriotas e outros tantos países que agora não me vêm à cabeça. 

Há ainda no ar toda uma atmosfera daquilo a que se chama de networking. Toda a gente a tentar criar uma lista de contactos, a tentar sondar futuras oportunidades. E depois, claro, um certo exibicionismo à mistura. Muita gente estava desejosa para apontar os pomposos cargos que ocupavam aqui e ali. Bom, mas são coisas que fazem parte desta nova fase da minha vida. Confesso, que nunca fui muito disto do networking, sou bastante individualista e não costumo andar a tentar estabelecer contactos para que no futuro possa utilizar. Não gosto de me impor ou andar a pedir favores. Mas de facto começo a entender a necessidade. E como se costuma dizer, se não os podes vencer, junta-te a eles.

Os professores, também se mostram bastante disponíveis. Em muitos se notou que gostam do que fazem e isso é logo meio caminho andado. 

E pronto é isto, agora vou dar uma vista pelos blogs. XD

9 comentários:

  1. Tenho saudades de ser estudante a tempo inteiro:'(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens de vir recordar Horatius! Tirar a tal licenciatura ou doutoramento ;)

      Eliminar
    2. ~Em qualquer uma das hipotses não seria estudante a tempo inteiro, Rúben...

      Eliminar
  2. Boa sorte nesta nova etapa. :)

    Agora no mestrado também lido com algumas pessoas mais velhas (que se licenciaram há anos e resolveram aumentar as suas qualificações, ainda que a maioria dos mestrandos seja da minha faixa etária).

    ResponderEliminar
  3. Pois a mim parece-me que o networking é o melhor que se pode tirar de algumas pós graduações. Sei que o MBA da EGP, reconhecido como um dos melhores, funciona assim. É tipo um linkedin mais restrito e elitista. Aproveita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para te ser franco Leonel, acho que de algumas pós graduações que por aí andam é mesmo a única coisa que se pode tirar. :X

      Eliminar