segunda-feira, 30 de junho de 2014

Facebook


Então uma pessoa entra no facebook e dá de caras com isto! Assim não dá Derek Theler!





sábado, 28 de junho de 2014

The Rose




When the night has been too lonely
And the road has been too long
And you think that love is only
For the lucky and the strong


Just remember in the winter
Far beneath the bitter snow
Lies the seed that with the sun's love
In the spring becomes the rose


sexta-feira, 20 de junho de 2014

O Rúben vai ao hospital


Depois de ter passado a noite de terça para quarta cheio de febre, sem que a medicação que a farmacêutica prescreveu sortisse efeitos, passei pela minha médica de família para que ela me medicasse como deve de ser.

Já medicado, mantive as febres que não baixavam nem com a medicação. Para ajudar ontem ao final do dia uma das minha amigalas inchou até não puder mais.

Fui ao hospital. Como sempre horas à espera e durante 1h não foi chamada uma única pessoa. Estava a passar-me. Pediram-nos para mudar de sala e ao fim de duas de espera lá fui atendido.

Peço licença para entrar no gabinete e o médico apenas olha para mim por cima dos óculos. Entrei voltei a pedir licença para me sentar e mais uma vez não obtive resposta. Sentei-me e senhor fica um bom tempo a mexer no computador. Até que após uns minutos de silêncio me pergunta: "Têm alguma doença?"

O meu pensamento: Claro que não, só esperei duas horas para ver a sua cara!

No entanto disse apenas: Hoje? Sim, crónica não.

Tudo se continuou a processar numa simpatia extrema até que lá me receitou um injecção de penicilina e mandou-me embora. Chego ao enfermeiro que nem boa noite me diz também e pergunta apenas se alguma vez tinha tomado penicilina. Respondi afirmativamente e deitei-me na maca de barriga para baixo. 5min depois aparece ele com a injecção. Confesso que o senhor não era nada jeitoso, quer em termos práticos quer falando em beleza. Ferrou-me  a agulha de forma nada meiga. 

Conclusão, estou com anginas em que uma das amígdalas está enorme e tenho a nádega direita toda dorida.... isto só visto!

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Para o namorado!



Namorado, como ouvi dizer que gostavas de sungas pequeninas deixo-te a nova sensação deste verão:



E agora quem será que é capaz de usar uma coisinha destas? Lança-se o desafio...


domingo, 15 de junho de 2014

Lord Browne


Ao fim de semana, não me perguntem porquê, apanhei o hábito de ver o jornal electrónico dinheiro vivo.

Este fim de semana, tal não é o meu espanto quando aparece uma reportagem sobre o senhor BP e com uma história que sinceramente desconhecia. Trata-se de um homem que por esforço alcançou um dos lugares de topo de uma grande empresa. Nada de novo aqui, não fosse o facto de este senhor ser gay e de se ter mantido no armário durante quase toda a sua vida. 

Falando por alguém que durante muito tempo tentou esconder-se não pude deixar de simpatizar com o senhor. Ainda para mais, acabou por sair do armário por causa do oportunismo de um rapaz com quem partilhou durante alguns anos a sua vida.

Mas pronto, hoje, o senhor está fora do armário, e até já encontrou alguém que o faz feliz, numa história que até é bonita. Todos temos direito ao nosso lugar ao sol. 

Para quem quiser ler a reportagem clique aqui.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Another suitcase in another hall


Bom, tal como tudo na vida existe um principio, um meio e um fim.

O que havia com o moço terminou... ambos queríamos coisas diferentes, apesar de em discurso querermos o mesmo. Ele foi-se afastando. Eu ainda tentei marcar um café para falarmos e terminarmos, mas dada a ausência de resposta também não insisti. 

Tenho pena, pois não gostava que tudo tivesse terminado desta forma. Preferia que tivéssemos falado, pois para mim também seria mais lidar com a situação.

Durante os últimos dias segui em frente, tento avançar e entreter-me com outras coisas. Contudo o meu pensamento ainda vai saltando para ele de quando em vez. Resta-me guardar o que vivemos com carinho. 

E pronto mais uma voltinha neste meu mundo.

terça-feira, 10 de junho de 2014

Menino do Pingo Doce (parte 2)

Ontem fui outra vez ao pingo doce. 

Obviamente passei à frente do talho para mirar o rapazito, afinal de contas lavar as vistas nunca matou ninguém. Como não precisava de nada olhei e segui em frente.

Então não é que mais tarde o rapaz passa por mim e diz-me: Olá, boa tarde. Tudo bem?

Retribui educadamente e fiquei contente o resto do dia. :D

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Menino do Pingo Doce


Há certos bloguers que vão ao continente atrás de um certo menino, de seu nome Fábio. Eu cá vou ao talho do Pingo Doce ver um rapaz novito que tem cá uma carinha laroca, que nem vos digo. 

Até comprei mais bifes de frango do que queria ... XD