sábado, 3 de maio de 2014

Tarde de sabádo


Hoje fui passar a tarde ao Parque das nações. 

É uma zona que francamente gosto imenso... Era para ir para a praia mas como não arranjei companhia resolvi agarrar num livro e ir ler. 

Claro que aproveitei para comer um gelado. Depois sentei-me num daqueles banquinhos e lá fiquei a contemplar o que se passava a volta. No hotel Myriad havia uma festa com cheirinho a verão. Música de discoteca alta que se ouvia bem ao longe. De fora era visível bastante gente a dançar e passou-me pela cabeça que já tenho saudades de dançar e como seria agradável ir a uma dessas festas de verão. Quem sabe até na praia e a qual eu nunca fui. Há que colocar isto na minha lista de coisas a fazer este verão. 

Já vós disse que adoro este hotel?! Um dia ei de lá ficar hospedado, não agora, que os meus bolsos não dão para tal. (Olha Miguel uma coisa para a tua rubrica de coisas de pobre, sonhar passar noites em hotéis! XD)

Depois olhando à volta viam-se vários casais a passear. Adolescentes, adultos mais novos, adultos mais velhos e até casais de velhotes que me deixam todo derretido. às tantas passam dois homens a passear um bebé num carrinho. Não sei se eram gays, até porque como vocês sabem o meu gaydar doesn't work. Mas gostei de pensar que seriam e estavam a passear o seu filhote. Fiquei animado.

Mais tarde, nuns bancos ao lado senta-se um rapaz e uma rapariga. Calculei que seria mais um par de namorados, mas algo ali não batia certo. Pensei para os meus botões que deveria ser o rapaz bonito e bem vestido que me despertava a atenção. Levantaram-se e passaram alguns metros a minha frente. Tirei as dúvidas, o rapaz era mesmo gay. A rapariga reparou que eu olhava para o rapaz, alertou-o. Apressei-me a enterrar o olhar no livro e a disfarçar. 

Fui continuando a ler e o menor barulho de crianças a fazer fitas alertou-me que seriam horas de ir andado. E assim foi... temos uma tarde de sábado...

Ontem também, quebrei uma promessa que havia feito a mim mesmo... liguei o grindr e meti conversa com um rapazito... é bonito e pareceu-me sincero e confiável... mas nestas coisas há que manter um expectativa baixa que as aparências iludem.

Eu sei que o grindr é um talho e que o que a maioria das pessoas procura é sexo. Mas depois penso que, por exemplo, o Aaron e o artista, o M. e o namorado, conheceram-se lá e não me parece que andassem só a procura de sexo. Estes chats são sem dúvida uma forma de conhecer pessoas novas, e há que acreditar que lá não há só pessoas tapidinhas que só querem é truca-truca.

E o máximo que pode acontecer é eu daqui a uns dias estar aqui a lastimar-me que aquilo não presta para nada e que sou parvo... 

Chegando de lamurias e de um post grande sem nada de conteúdo, vou embrulhar a prenda da minha Mãe.

16 comentários:

  1. Parque das Nações é um excelente sítio para relaxar e ler o tal livro ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um óptimo sítio! Simplesmente adoro aquela zona M.S. ;D

      Eliminar
  2. Estive em Lisboa ontem :)
    Passei no parque das Nações ^^

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma zona brutal não é Marisa?!
      Eu sempre gostei muito.

      ;D

      P.S.: Sê bem vinda ;)

      Eliminar
  3. Não gosto nada do Parque das Nações. Ia imenso quando estava no colégio (colegas e tal, idas ao "Vasco", ao calçadão...). Agora, só muito raramente lá vou.

    ResponderEliminar
  4. 1. não sei que oferecer à minha mãe.
    2. O rapaz as tantas ficou encantado contigo xD
    3. Não conheço o gindr, mas posso dizer te que conheci o meu namorado no manhunt, que é uma coisa parecida....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 1. Filho desnaturado... lol... isso não se faz... ai, ai, ai!
      2. Não acredito, acredito mais é que lhe tenha aumentado o ego! ;D
      3. Pronto é mais um casalinho para acrescentar a minha lista... lol

      Eliminar
  5. Se tu es boa pessoa e tas no grindr, então outros como tu tb la devem estar. nunca usei mas n vejo qual o mal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não vejo mal Sérgio, e penso exactamente como tu! ;D

      Eliminar
  6. Também não sou fundamentalista sobre o grind. É como um supermercado, há de tudo e há gente decente com toda a certeza. Aliás, tu és boa pessoa e andar por lá, certo?

    É verdade também andei pelo Parque das Nações no sábado de tarde, mas fui só à Fnac, não andei propriamente a passear :P Mas tinha saudades em andar de calções e soube-me que nem ginjas :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdadinha... é preciso é separar o trigo do joio... lol

      Olha eu não cheguei a ir ao vasco da gama, fiquei só mesmo pelo parque.. mas acho que gostava de te ter visto de calções... lol ;D

      Eliminar
  7. então, se achaste o rapaz bonito devias ter olhado sem problemas, eu sei, não é algo fácil mas é algo que eu estava a treinar em mim antes de estar com o artista, ganhar confiança tal para conseguir olhar para um rapaz e até sorrir sem problema.

    eu conheci o artista no manhunt mas o rapazinho com quem andei dois meses na altura da criação do meu blog conheci no grindr. se mantiveres os teus princípios e andares atento, pode ser que encontres lá alguém porreiro, podem andar lá muitas más pessoas mas também existem pessoas com os mesmos objectivos que tu :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, eu acho é que ainda sou um bocadinho envergonhado para olhar assim tão "descaradamente"...lol

      Tinha ficado com a ideia que o tinhas conhecido o artista no grindr... mas de qualquer maneira grindr ou manhunt é basicamente a mesma coisa e até vai dar ao mesmo... lol

      Vamos lá ver o que dá desta vez ;D

      Eliminar