terça-feira, 11 de março de 2014

Rúben, o Workaholic


E o Rúben anda armado em workaholic... nos últimos dias não tenho tido tempo para nada, e até o ritmo do ginásio já perdi...

Mas pelo menos tem gerado frutos, já escrevi mais dois capítulos da tese... e vou agora começar a escrever o quinto capítulo.

Para ajudar recebi um valente elogio da senhora orientadora, que me disse que escrevo muito bem e que a revisão de bibliografia estava muito boa, com as ideias bem encadeadas e muito bem escrita. Fez apenas dois pequenos reparos que rapidamente se resolvem... Fiquei com o ego no topo! lol

Na empresa as coisas estão também a correr muito bem, parece que de repente foram inundados de simpatia. O que é bom e eu agradeço!

Por outro lado chega também a altura de começar a pensar no próximo passo. Trabalho ou Doutoramento? Ainda não sei bem, já me fui informar sobre os doutoramentos na área e dois parecem-me interessantes e também há a possibilidade de recorrer a bolsa. Mas trabalhar garante-me mais independência e o doutoramento é caro e a bolsa não é certa. A ver vamos. Há que maturar a ideia!

E posto isto, cabe pedir desculpa aos vários bloguers por andar muito desligado, mas prometo que assim que tiver um tempinho eu leio tudo! Mas vão ter de esperar mais algum tempo. :(



23 comentários:

  1. depende de área para área, no meu caso é claramente trabalho no lugar de doutoramento.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, isso é verdade! Em qualquer área o doutoramento é uma formação muito forte. Mas sinceramente, o futuro nem me preocupa muito. já há muito que deixei de fazer planos, a questão é se realmente é algo que fosse gostar ou não! :D

      Eliminar
  2. good luck :D tudo vai correr bem! Acredita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, sim eu estou confiante que sim! mas estas decisões têm o seu peso e é preciso pondera-lás com cuidado! :D

      Obrigado kyle;-)

      Eliminar
  3. Dá-lhe na maionese Rúben! Vais ver que passa num instante e vais ficar super orgulhoso de ti! A blogosfera apoia-te :) Força :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pior é que passa mesmo, tenho só até ao principio do mês que vêm para ter isto tudo prontinho! lol

      Obrigado pelo apoio namorado ;-)

      Eliminar
    2. De nada: sempre à distância de um e-mail :)

      Eliminar
  4. Fico feliz por ti :)
    As teses são sempre umas FDPs. Quanto mais se escreve, mais falta.
    Eu ando indeciso entre 2.ª licenciatura, pos-gradução noutra área ou doutoramento. E vou andando enquanto não decido... lolol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens bem razão, embora eu já consiga ver uma forma nisto.
      Em relação ao doutoramento eu para o fazer, se calhar vai já de enfiada que é para não perder o ritmo! :D
      Segunda licenciatura é um bocado chato não?

      Abraço ;-)

      Eliminar
    2. A segunda licenciatura é numa área totalmente diferente. Contudo, juntando a minha licenciatura e essa, fico altamente qualificado para a gestão de equipamentos sociais, que serão o futuro, com a pobreza cada vez maior.

      Eliminar
    3. Sim senhor! ;D Então e agora pergunta o Rúben, como não quer a coisa, do que estas a espera?
      lol

      Eliminar
    4. Pois esse é um grande problema! Nesse aspecto a licenciatura deve sair-te um pouco mais barata!

      Mas se é uma coisa que queres, é só questão de começares já a poupar para tratar do assunto ;D

      Abraço

      Eliminar
  5. Força! Hás-de terminar isso. :)

    um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já faltou mais Mark! Obrigado!! ;D

      Abraço ;-)

      Eliminar
  6. Trabalho ou seguir os estudos é uma dúvida que assola em várias fases da vida. Com a experiência que a vida me deu, acho que trabalho é preferível, porque permite afinar o que se gosta e a área de trabalho, e depois a escolha do doutoramento é mais adequada à área. Além disso, infelizmente, o doutoramento nem sempre vem acompanhado de reconhecimento salarial. Finalmente, sou apologista de fazer ou doutoramento (ou mesmo o mestrado) numa faculdade diferente da de licenciatura. Pode, monetariamente, ser mais dispendioso, mas abre-te a mente para outras correntes de pensamento.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes que eu tinha a mesma ideia que tu antes de começar o mestrado... quis primeiro começar a trabalhar e depois consoante o que estava a trabalhar especializava-me...

      No entanto, a vida trocou-me as voltas e tive de ir para o mestrado. E agora que já vou lançado e até estou a gostar disto e, no fundo, até é uma área em que me gostava de especializar não me parece mal continuar. Quanto à faculdade, eu já mudei quando escolhi este mestrado, e trocar agora ficaria a perder porque a que estou actualmente, é uma das melhores nestas áreas.

      Abraço ;D

      Eliminar
    2. Não sabia que tinhas mudado quando passaste para mestrado. Então acho que fizeste bem. Espero que não sejas do ISCTE, porque gestão é na Nova, Católica e Iseg. ;)

      Eliminar
    3. Eu também mudei. Fiz licenciatura num sítio (que era dos melhores na área), e depois tirei mestrado noutro.

      Eliminar
    4. Um Coelho
      Isso agora Coelho! lol ;D

      Horatius
      Comigo foi ao contrario, fiz a licenciatura numa que não era muito reconhecida e agora estou a tirar o mestrado numa que é das melhores na área.

      Abraços ;D

      Eliminar