sábado, 2 de novembro de 2013

First Kiss



Ontem fui jantar com o P., fomos a um restaurante italiano muito agradável, e depois fomos dar uma volta pelo parque das nações.

Fui muito bom, falamos bastante sobre vários temas, fomos dos amigos as novidades da semana, aos nossos hábitos e até a coisas engraçadas que já nos aconteceram ao longo dos tempos... A conversa fluiu bem. Ele é mais conversador do que eu e até tem mais capacidade para meter assunto e não deixar o silencio falar! Apesar disto não abordei os assuntos que me vêm a amedrontar a algum tempo, a conversa não proporcionou. O mais perto que tivemos desses temas foi numa  conversa sobre vizinhos e que falamos dos "barulhos" que as vezes se fazem ouvir, ele disse que também tinha noção que já tinha incomodado alguns e eu disse-lhe que os meus não tinham do que se queixar porque eu era muito sossegado... mas não adiantei...

Ah! E as tantas enquanto falávamos das nossas primeiras paixões de infância, ele perguntou-me se alguma vez tinha namorado com uma rapariga, eu disse-lhe que não... facto que é verdade e ele de seguida disse-me que também nunca tinha. Chamou-me puro... As coisas que eu aprendo!

Depois do passeio fui leva-lo a casa de carro e desta vez estava decidido a não deixar escapar qualquer oportunidade... Ficamos ainda a falar um pouco no carro e comecei a reparar que estávamos ambos a espera do primeiro passo um do outro. Já não sabia o que dizer e portanto sai-me com qualquer coisa à pressão... escusado será dizer que saiu por-ca-ri-a. Disse-lhe que já estava a chegar a minha hora... Ora bolas, sono numa altura destas! Consegui disfarçar e lá nos despedimos... não sei bem como acabamos num abraço, eu dei-lhe um beijo na face e ao afastarmos-nos, os nossos olhares cruzaram-se, e beijamos-nos, e afastamos-nos ligeiramente e beijamos-nos outra vez....

Foi tudo super rápido, eu fiquei super atrapalhado e fiquei com a sensação que ele também ficou... Abri a boca para falar e saiu de forma carinhosa um "marcamos mais vezes". Foi tudo o que consegui no momento. Não foi o melhor! Eu sei! Ele saiu do carro e vim o caminho todo para casa com um sorriso de orelha a orelha...

Senti-me completamente nas nuvens, cheguei a casa e mandei-lhe uma mensagem a dizer que tinha gostado do jantar e especialmente da despedida. Acrescentei dizendo que me sentia feliz ao lado dele.

E hoje de manhã tudo me caiu em cima...
9h - não me respondeu, calma Ruben ele está a dormir, pensava eu...
10h - E ainda sem resposta...
11h...
12h - eu entro em profundo desespero... Fui ter com a R., quase em lágrimas e em profunda tristeza, ele mandou-me pastar... Imaginei eu imensas coisas, histórias, cenários... e só imaginava que aquilo já tinha tudo ido pelos ares...
12h45 - Chega a resposta, e ele diz que também adorou tudo e que também se sente bem e feliz ao meu lado... Voltei para as nuvens outra vez.... 

Convidei-o para uma sessão de cinema... e ele fez-me uma contraproposta. Ver o filme em casa dele e jantar lá! Aceitei, e agora percorre-me um turbilhão de emoções, estou ansioso, nervoso, contente, feliz, aparvalhado e sei lá mais quantos adjectivos que se possa imaginar...

Mas também tenho receio, será que há aqui segundas intenções?! Se houver, estarei preparado para dar esse passo?! Deverei dá-lo?!

:S


15 comentários:

  1. Se há segundas intenções? Poderá haver. Quanto às outras questões, só tu lhes podes responder. Lembra-te só de que deves fazer apenas aquilo que quiseres fazer e podes sempre dizer não :)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela força e pelo sábio conselho Ricardo ;-)

      Abraço

      Eliminar
  2. Oh, que fofo! :'')

    Pelo menos entre ti e o teu P. as coisas correm bem. Já com o 'meu'...

    Quanto ao que perguntas, sim, é provável, mas só faças aquilo a que estás disposto. Deixa acontecer. Nestas coisas, o melhor é não programar nada. :)

    abraço e felicidades!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Mark,

      E aproveito para te dizer que tenho a certeza que tu e o teu P. estão só numa má fase... mas vais ver que daqui a uns tempos, com algumas saudades à mistura, já entra tudo nos eixos novamente.

      Grande Abraço;-)

      Eliminar
  3. Não leves expectativas de nada, deixa tudo acontecer :D

    Abraço e bom jantar ;D

    ResponderEliminar
  4. Que amor!!! Aproveita tudo ao máximo, Rúben!
    Fico mesmo contente por ler este post! :)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheheh!

      Fico muito feliz por teres ficado contente por mim! :D

      Muito obrigado Inefável!

      Abraço ;-)

      Eliminar
  5. :) são tão bons estes primeiros momentos... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estes momentos são realmente óptimos, eu fico completamente nas nuvens ;-)

      Abraço iLoveMyShoes ;-)

      Eliminar
  6. ahah, isto faz-me lembrar o meu primeiro beijo... eu tremia por todos os lados, não sabia mesmo o que fazer, medo atrás de medo.
    aos poucos vais começar a sentir-te mais à vontade com tudo, vais começar a fazer tudo com naturalidade.

    sinceramente, crio que a contraproposta dele tem segundas intenções, pode tanto só ter a ideia de estar contigo num ambiente mais intimo, verem o filme bem juntos, como até pode pensar em algo mais à frente, de qualquer maneira, só tu é que sabes o que és capaz de fazer e não tens que ter nenhum problema em parar se algo for longe demais para ti.

    abraço rúben, se precisares de alguma coisa diz :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela disponibilidade Aaron! Tu és um máximo... ;-)

      Realmente, eu também acho que estava a tremer um bocadinho, depois nem conseguia programar o gps para voltar para casa. lol

      Quanto ao encontro, ele afinal queria estar mesmo comigo num ambiente mais intimo e posso dizer-te que muito querido!

      Big Abraço ;-)

      Eliminar
    2. ahah, fico à espera do novo "capitulo" :P

      se eu sou UM máximo, qual é o outro ? ahah (sry, é uma piada que faço sempre quando me dizem isso ahah)

      abraço rúben! estou feliz por ti :)

      Eliminar