domingo, 17 de novembro de 2013

Dependência e erros


Nem sei por onde começar...

Segundo a R. estou Pdependente. Fico ansioso à espera de resposta as minhas mensagens, fico tão atrapalhado que acabo por meter os pés pelas mãos, digo as coisas erradas e depois culpo-me por isso. Dou comigo a sentir falta da presença dele, da voz dele, do toque dele, dos beijos dele. 

Mandei uma mensagem que não devia ter mandado e ele não me disse mais nada durante a tarde. Não que tenha dito alguma coisa ofensiva ou assim, apenas acho que fui chato. Acho não, tenho a certeza. E agora estou para aqui aos saltos cada vez que recebo uma sms.

Ainda para mais, já não posso dizer nada se não pioro a situação, por isso desespero e desespero!

10 comentários:

  1. Essas coisas são normais… :) não te vou dizer que devias fazer isto ou aquilo, cada qual sabe como deve gerir esses momentos. Mas não stresses, tudo se resolve. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. I hope so!!

      As vezes sinto-me mesmo a deriva com estas coisas!

      Grande Abraço ;p

      Eliminar
  2. Epá!

    Evita lá isso de tanta mensagem...

    O p., ainda vai pensar que não fazes mais nada na vida, para estares sempre a escrever mensagens...

    Nada de ser chatinho, uma mensagem enviada, uma recebida e evitar muita mensagem seguida :)

    É uma opinião que vale o que vale

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão nem foi bem o muita mensagem, porque isso eu até nem costumo fazer! Foi mesmo o que disse na mensagem, no seguimento da conversa! :S

      Grande Abraço e obrigado pelo conselho Francisco ;p

      Eliminar
  3. é normal acho eu.... se estás apaixonado... tens que controlar, é só isso. Boa sorte! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Controlar, tem sido nos últimos dias a palavra de ordem!!! lol

      Obrigada pelo conselho ;p

      Eliminar
  4. eu sou um bocado como tu, quando começo a gostar de alguém fico um pouco dependente e um pouco chato.. é mau eu sei, já aprendi muito com os meus erros.
    de há uns tempos para trás decidi que não ando atrás de ninguém, não o farei, logo comecei a deixar de fazer tantas vezes esses erros. é difícil mas temos que simplesmente deixar as coisas andar, e quanto mais ignoramos mais eles vêm atrás. não podemos deixar que sintam que nos têm nas mãos. mas com a experiência vais percebendo isso :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tão bem que fala este rapaz! lool xD

      Mas é tal qual ele disse. :-)

      Abraço, Rúben!

      Eliminar
    2. Lol! Pelo menos não sou o único!

      Eu agora tenho tentado controlar-me bastante, mas não consigo deixar de sentir este receio que ele se ponha a milhas. Eu compreendo o que o Aaron disse e sinceramente acho que é esse nível de confiança que preciso de ganhar, mas neste momento ainda não estou lá. :S

      Obrigado aos dois!

      Grande Abraço ;p

      Eliminar
  5. Sei de um concurso que tu e os teus seguidores iam gostar de participar:http://abertodemadrugada.blogspot.pt/2013/11/concurso-escrita-entre-blogues.html

    ResponderEliminar