quinta-feira, 24 de outubro de 2013

É só novidades


Hoje até nem me posso queixar do dia. Correu bem! Tive duas boas novidades e um dia de trabalho horripilante...

As más coisas primeiro... No trabalho, tive de pedir para sair mais cedo por causa de uma reunião que ia ter sobre a tese. Falei com a subgerente da situação e notei logo que não tinha ficado muito contente... não sei porquê, já que nunca pedi para sair mais cedo e aliás até é costume ficar até bem mais tarde... Enfim...
Eu tinha de sair as 16h e por volta das 15h10 a senhora começa a passar-me trabalho para fazer. Fiquei claramente com a impressão que estava a fazer de proposito para que eu não saísse, quando precisava.

Ok! O gerente já me fala bem, já não implica agora é a vez dela.... devem ter marcado turnos... é que não consigo mesmo entender qual é o problema deles, não sou mal educado, não faltei ao respeito a ninguém (pelo menos que tenha consciência disso), faço o meu trabalho, posso ser chato por colocar questões dificeis mas acho que isso faz parte do meu trabalho por isso... I realy don't know...

Já pensei em questiona-la directamente sobre isso... mas também tenho receio de vir a por o ambiente ainda mais tenso...

Bem, wherever...

Boas notícias... Tive uma reunião numa empresa para ver se me aceitavam e cediam certos dados para eu fazer a tese e eles aceitaram.... Fiquei super feliz.... :D :D :D

Mais um passo para o fim da tese, e por sinal, um muito importante, pois era o que mais me preocupava...

Para completar o ramalhete, contei ao P. e ele disse-me que tinhamos de comemorar e convidou-me para um segundo date.... É bom, não é?

Pois então e agora?! Que assuntos é que devo falar?! que atitudes devo ter?!

So many doubts...

A R. aconselhou-me a ser sincero e abrir o jogo... contar que toda, está minha saída do armário é recente e informa-lo do que estou à procura.... Mas tenho receio de o estar a afastar!

O que acham?! Alguns conselhos?!


17 comentários:

  1. Eu so te dou um conselho: deixa as coisas acontecerem naturalmente. Se te apetecer fazer no momento, faz. Se tiveres dúvidas, faz na mesma. Se não quiseres, não faças.

    Pode parecer um bocado "cliché", mas é preferivel arrependeres-t de ter feito do que de não ter feito.

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande Horatius!

      Adorei o conselho, senti-me muito mais sossegado depois de o ler. E estou mesmo a falar a sério!

      Obrigado ;-)

      Eliminar
    2. :O

      Sossegado porquê? lol

      Tb não disse nada de tão especial quanto isso. Numa altura em que não sabemos o que fazer, apenas me parece preferível atuar em vez de "deixar andar"...

      Eliminar
    3. Sossegado porque estava bastante nervoso e depois de ler parece que na minha cabecinha se fez luz! :D

      ;-)

      Eliminar
  2. quanto ao trabalho, não perguntes nada directamente, faz simplesmente o que é suposto de ti, e bem feito, e assim eles só têm de andar caladinhos pois és um bom trabalhador :)

    quanto ao date, se tu mesmo, não faças nada forçado, não planeies nada. até podes contar-lhe sobre como te sentes mas só se a conversa puxar um pouco sobre isso. se eu fosse o p. ficaria feliz em saber caso me contasses mas não precisas de fazer nada forçado :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depois de pensar também achei que essa fosse a atitude correta... Seguir ao sabor do vento...

      E acho que até nem correu mal....

      Grande abraço Aaron ;-)

      Eliminar
  3. Tirando o seres tu mesmo que já disseram antes, mais importante ainda é não despejares uma série de informação desnecessária num segundo date, do nada começar a falar que o coming out é recente e que é tudo muito novo podes assustar.

    Deixa fluir, fala de coisas que se falam em segundos dates e depois logo se vê.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para ser franco era também um dos meus receios Eolo, começar para lá a falar e a debitar toneladas de informação e depois afugenta-lo ... Não o fiz e acho que até correu bem...

      Obrigado pela sabedoria Eolo! ;-)

      Eliminar
  4. Deixa fluir a conversa, e não afugentes a perdiz, como eu fiz há já alguns anos ;)

    Sucessos :D

    Abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tentei Francisco.... era uma das coisas que eu receava, mas acho que não o fiz...

      Obrigado pelos conselhos! ;-)

      Abraço

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Pergunta difícil kyle!!
      Mas sei que não procuro um caso fugaz, mas sim algo mais sério!! Uma relação....

      ;-)

      Eliminar
    2. eu realmente acho que me viro muito para perguntas difíceis, até para mim mesmo, mas olha, são essas perguntas que nos fazem pensar. Boa sorte, vai com calma e se tens algo a dizer-lhe, diz, não esperes até começarem uma relação, pq ele pode pensar que lhe mentiste, vai com calma, amigos primeiro e depois quiçá ;)

      Boa sorte! :D

      Eliminar
  6. Go Rúben, go Rúben!
    Soma e segue! :)
    Abraço!

    ResponderEliminar
  7. Em relação ao trabalho, creio que se notas que implicam de propósito, deves manter a calma mas nunca perder as estribeiras. Podias tê-la chamado à atenção sobre a dita reunião, sobretudo quando se aproximou a hora de saíres. Certamente ela mostrar-se-ia atrapalhada. :)

    Como disseram acima, acho que deves deixar a situação evoluir. Não forces. Fala de assuntos normais e vai conversando acerca do que se proporcionar.

    abraço e boa sorte!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo conselho Mark! No fundo foi exactamente isso que eu fiz e não posso dizer que tenha corrido mal de todo!

      Quanto ao trabalho, eu acho que peco um pouco por ser demasiado prestável, o que acaba por os levar a abusar um bocado... mas enfim ...

      Obrigado ;-)

      Eliminar