quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Festa de Anos Atribulada




Nos últimos dias tenho andado muito atarefado e ocupado. Não que na realidade tenha feito algo que se veja, mas tenho andado a correr de um lado para o outro...

Conclusão também tenho andado a dormir pouco... e a minha paciência anda muito reduzida...

Ontem pela primeira vez uma cliente tirou-me do sério... Começou aos gritos e a ser extremamente mal educado e eu acabei por ter de mais bruto e severo para que a senhora se colocasse no lugar dela... Hoje ainda  lá foi outra vez, no entanto optei por não lhe dar margem de manobra... Enfim....

Ontem também tive a festa de anos do namorado do M.

Epah até fiquei com pena dos pais do M.. Pelo que percebi os pais não estão ainda muito à vontade com o facto de o filho estar a viver com outro rapaz. A Mãe até fez uma tonelada de doces e foi lá levar, mas não quiseram subir por não se sentirem bem! Mas o que me enervou mesmo nem foi o facto de eles não irem... Foi mesmo foi a atitude tanto do M. como do namorado e da família dele... Todos sem excepção recriminaram os senhores ...

Ok! Eu até compreendi que o M ficasse triste com a atitude dos pais, mas bolas toda a gente precisa do seu tempo de adaptação e cada um tem direito a levar o seu tempo a processar as coisas, sem que por isso sejam piores ou melhores que os outros... 

Roma e Pavia não se fizeram num dia...

Estarei errado?!


6 comentários:

  1. Não, não me parece que estejas errado. E os teus amigos acabarão por pensar como tu...
    Não houve um corte com o M. por parte dos pais. Deve ser apenas como dizes, um período de adaptação. Desde que acabem por aceitar tudo bem :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu para ser franco acho que os pais dele estão e querem fazer o esforço para aceitar a situação! Mas lá está também eles necessitam de ser compreendidos!

      Abraço

      Eliminar
  2. tal e qual, os pais já foram bem fofos em ir lá entregar os doces. se o M tivesse insistido a sério, com gosto de ter lá os pais, de certeza que eles subiam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele insistir, insistiu! No meu ponto de vista não foi foi da forma mais correta! Mas enfim!

      Abraço

      Eliminar
  3. Cada pessoa, tem o seu tempo...

    Há que dar tempo ao tempo

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente o que eu penso Francisco!

      Abraço

      Eliminar